sexta-feira, 17 de março de 2017

Quero te fazer falta, sabe?

Quero te fazer falta, sabe? Tudo bem que nem sempre quem não procura significa que não sente falta. Estava aqui pensando sobre isso. Quero muito ficar com você, mas jamais consegui correr atras. Não que seja sempre o papel do homem, mas quem te deixou pra trás fui eu. Quero que você sinta medo de me perder, o mesmo medo que eu sinto quando te vejo com outra pessoa que não seja eu. Talvez eu deva parar pra pensar que em um ano muita coisa muda e aceitar que você pode ter feito sim a decisão certa pra sua vida, porque te deixar pra trás foi a mais difícil da minha. Nem sempre a gente termina com o amor das nossas vidas. 

Hoje mesmo me disseram que você tem uma nova amiga, espero que ela te ame mais do que eu te amei. Talvez não se trate do quanto de amor que ela posso te dar, mas que seja importante que ela não te abandone como fiz. Agora penso que não se trate sobre o quanto quero que você sinta falta de mim, mas o quanto sinto a sua. Quero que você volte e sinta medo de me perder, me abraçar forte quando pensar que eu posso ir pra longe. Ando tão desalinhada sem você por aqui, tão distante mas tão perto. 

Eu preciso de você aqui. Eu preciso de você pra me fazer rir, me morder, me chamar de querida, preciso acima de tudo do seu abraço que me dá paz. Preciso do seu jeitinho apaixonado dizendo que me ama, do seu silêncio quando é necessário. A dor que eu sinto é por não te ter aqui e por ter permitido que eu fosse pra longe. Eu acredito em grandes amores porque eu já tive um. Mas já é tarde demais pra isso.


Antes de tudo quero explicar para vocês que essa postagem faz parte do projeto hematomas. É um conjunto de dor e alegria que descreve o roxo que um hematoma dá a pele. São histórias que escrevemos com as mãos mas com a cabeça na lua. Um conjunto de cores que nos lembram a galáxia instalada em nossa pele, que talvez sejam pequenas cicatrizes lindas. [...] Então, qual é a sua história? Acreditamos que não estamos aqui por acaso, mas sim porque temos algo a fazer. Se você tem uma história você precisa conta-la, pois mesmo com toda dor ao apertar um hematoma a gente sente, existe uma história até mesmo de amor dentro dele.

Caso queiram participar me avisem nos comentários, a cada mês postaremos um texto sobre determinado tema. Enfim, peço perdão pelo meu sumiço. Andei em semana de provas e semana de ensaios (ainda estou neles) o tempo que me resta é o de dormir. Espero que a partir de terça as coisas entrem em organização. Troquei o layout está bem diferente do que eu costumo fazer, TODOS os devidos créditos estão na página de crédito. Caso tenha visto alguma coisa que não creditei por favor me avise que irei entrar em contato. Espero que tenham gostado, irei retribuir todos os comentários aos poucos não fiquem bravos comigo. Até mais!

14 comentários:

  1. Oi,Emy ♡ Como você está? Acredito que nossos ambos textos estão com a mesma intenção "falar sobre o amor" e é gratificante saber que temos as mesmas idéias.. É tão bela a sua escrita,nos motiva a querer ler mais a cada dia!

    Espero que o pessoal queira participar do projeto,precisamos de mais voluntários. É normal sempre dar uma sumidinha,e por incrível que pareça é sempre por conta das provas e afins. O layout ficou ótimo! Espero que você fique com ele por muito tempo em?

    Beijos ♡
    reckless

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas. Eu estou bem, obrigada. Acredito que essa realmente seja a nossa intenção, fico feliz por pensarmos do mesmo modo. Fico agradecida também por saber que você gosta muito de ler alguns dos meus devaneios.

      Eu também espero o mesmo, o projeto é bem legal e bem pensado. Tenho certeza que quer for participar irá se agradar bastante. Eu preciso ficar com ele por bastante tempo mesmo.

      Excluir
  2. O projeto foi muito bem pensado e o tema desse mês foi pensado em mim, eu tenho certeza! As vezes fico pensando em como eu tive sorte de ser escolhida para algo que explora minha escrita e trás o melhor de mim (conseguir demonstrar meus sentimentos). Peço desculpa pelo meu texto ser podre comparado ao seu, sério, me senti um lixo humano escrevendo coisas com linguagem simples e cansada de sempre mas eu gostei, não sei, to confusa hoje. O seu texto me pareceu ter muitos sentimentos e seu caso foi realmente muito triste, fiquei pensando no azar que essa pessoa teve ao te perder e que pena dela por isso, espero que um dia vocês possam se reencontrar e conversar sobre esse seu grande amor, espero de verdade que um dia vocês voltem um para o outro.

    Sobre o layout: LINDO. Eu sou uma grande amante de layouts com área da postagem enorme, me sinto mais confortável para ler algo e também para escrever algo. Espero que não suma mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Acredito também que esse seja uns dos nossos objetivos, explorar nossa escrita e transformar algo ruim em poesia. Não precisa se desculpar, a simplicidade chega a ser mais linda ainda quando é escrita com o coração. A linguagem simples deixa com certeza tudo lindo. O bom de escrever sobre a dor é que nem sempre ela é no presente, sobre a pessoa do texto nos reencontramos e estamos torcendo pra que dê tudo certo agora.

      Fico feliz que tenha gostado do layout, bem diferente do que eu costumo fazer, com certeza me agradei muito dele. Obrigada! Irei tentar dar o meu máximo para não sumir.

      Excluir
  3. É difícil quando ainda não se esqueceu a pessoa e ela aparece com outra. Mais difícil ainda pra mim é desejar felicidade, mesmo que ela não tenha meu nome. Abandoná-lo foi um erro, mas segurá-lo também. Talvez seja ele quem vai acabar com um hematoma, afinal.

    http://n-e-a-p-o-l-i-t-a-n.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo, sei bem como é isso. Desejar felicidade é difícil também, mas vejamos pelo lado bom, talvez ele realmente não seria feliz com você. Mesmo com dor e sentindo a falta dele eu me coloquei no lugar dele. Ir foi um erro, talvez mesmo poderia ter tentado mais ou apenas não ia dar certo mesmo.

      Excluir
  4. É um texto lindo
    A dor sempre tem um lado interessante

    ResponderExcluir
  5. AAH Seu texto ficou muito lindo, você escreve muito bem, Emy!
    Me fez pensar em todas as vezes que a gente faz uma escolha e depois pensa que poderia ter sido diferente... Enfim, suas palavras me tocaram.
    O projeto é maravilhoso, quando o Luccas falou comigo sobre eu também participar eu fiquei muito feliz!!
    Entendo o sumiço, eu também estive com provas na última semana e elas sugam nosso ânimo, né?
    Amei o novo layout, adoro quando a área de postagens é grande, fica mais confortável de ler <3

    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Isa. Verdade, as vezes a gente se precipita muito nas nossas decisões. Eu que fico feliz por você está participando. É sempre bom ter voluntários que gostam do que podem fazer através da escrita.

      A escola tira todo o resto da energia que sobra dentro da gente, é horrível e muito cansativo. Fico feliz que tenha gostado!

      Excluir
  6. Sua descrição do projeto ficou tão bonita <3.
    que sensação horrível é ver que perdeu alguém por não correr atrás, já ocorreu isso comigo e dói muito... são histórias que parecem inacabadas em nosso coração.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a descrição foi escrita por mim e pelo Lucas, isso foi apenas um resumo dela todo. Com certeza, mas se não der realmente certo precisamos seguir em frente não é mesmo?

      Excluir
  7. Você escreve muito bem! Eu senti o sentimento envolvido nas entrelinhas do texto e amei o projeto! Apesar de escrever alguns contos, eu prefiro não me envolver em projetos porque geralmente não consigo seguir as regras ou temas propostos... Então, eu amei esse novo layout e queria ter a coragem pra fazer um layout com enfoque nos posts. Amei, amei.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Esse é o objetivo inicial, fico feliz em ter conseguido. Sei bem como é, acontece isso comigo as vezes. Obrigada, fico feliz que tenha gostado.

      Excluir